TORNEIO DE MONOPÓLIO-CA

COMEMORAÇÃO DO CENTENÁRIO DO CRÉDITO AGRÍCOLA DA COSTA AZUL

516210

CA

CRÉDITO AGRÍCOLA

DA COSTA AZUL

O Crédito Agrícola da Costa Azul convida as Escolas a participar na comemoração do seu centenário. Desta forma estão convidados todos os alunos do 2º e 3º ciclos a envolverem–se na criação de equipas.

Participa!

Põe à prova as tuas capacidades!…

REGULAMENTO

Anúncios

RBE – 20 ANOS

Em 2016 a RBE faz 20 anos. Para assinalar a data estão em preparação várias iniciativas, sendo uma delas o uso, durante este ano, de um logótipo com a chancela 20 anos.

Print

Parabéns, RBE!

CONCURSO PNL

LER COMO QUEM JOGA – ESCREVER COMO QUEM PINTA

 

Um público comprometido com a leitura é crítico, rebelde, inquieto, pouco manipulável e não crê em lemas que alguns fazem passar por ideias.”  Mário Vargas Llosa

Tendo como objetivo prioritário o desenvolvimento de competências de leitura, numa perspetiva lúdica e de satisfação pessoal, convidam-se todos os alunos do 3º ciclo e do ensino secundário, das escolas públicas e privadas do continente, ilhas, e territórios internacionais de aprendizagem da língua portuguesa, ao envolvimento num processo que conduza ao ato de ler, à reflexão e à criação de textos originais.

Propõe-se que os alunos, na esfera das inquietações próprias dessa faixa etária, sejam desafiados a dar testemunho criativo das suas circunstâncias de crescimento e aprendizagem.

De iniciativa do Plano Nacional de Leitura, PNL, e com o contributo dos parceiros Rede de Bibliotecas Escolares, RBE Direção-Geral da Administração Escolar/Direção de Serviços de Ensino e Escolas Portuguesas no Estrangeiro, DGAE/DSEEPE, LeYa, Revista TIME OUT, Camões IP, Fundação José Saramago, FJS, Casa Fernando Pessoa e Porto Editora, o projeto ‘Ler como quem joga – Escrever como quem pinta’, aposta na descoberta e revelação de novos talentos da escrita, nas vertentes a seguir discriminadas:     

NOTAS DE LEITURA ESCRITA DO DESASSOSSEGO 
3º Ciclo | Registo “como se fosse um diário”

Cartaz – Formulário

E. Secundário | Ensaio literário

Cartaz – Formulário

REGULAMENTO

BOAS PRÁTICAS-PORTO COVO

Publicamos um trabalho – peça de teatro -, realizada pelos alunos do 3º e 4º ano da Escola do Porto Covo, com base na obra – “O homem que carregava pedras”, de autoria do escritor Marco Taylor.

transferir

 

A professora Ana Bento referiu que a mesma, apresentada de forma original, serviu de base na articulação com outra atividade “Cidade dos Afetos” e apresentada na festa de Natal aos Encarregados de Educação.

Parabéns pela Boa Prática!

O TRABALHO- PEÇA DE TEATRO

transferir

ATIVIDADE DE PORTUGUÊS

 

transferir (5)

Pitufo, o meu melhor amigo

            O meu nome é Nelson e o meu brinquedo foi-me oferecido pelo meu pai. Foi  um presente de aniversário, e é um urso de peluche. Foi, aliás, o meu primeiro urso de peluche e chama-se Pitufo. Foi amor à primeira vista.

               Eu nunca o largava, quer fosse em casa, quer fosse na escola, dormia com ele toda a noite, ia ver televisão com ele, jantava com ele… Resumindo, era o meu melhor amigo! Até jogava jogos de tabuleiro com ele quando os meus pais estavam ocupados a fazer o que fosse. Nunca tinha pesadelos. Era como se estivéssemos ligados e ele fizesse um campo de forças à minha volta para me proteger dos maus pensamentos. Ele era muito especial para mim. Quando me magoava, o Pitufo fazia-me feliz

               Ele continua presente na minha vida e cumpre sempre o seu trabalho de me proteger e fazer feliz. Nunca o emprestei a ninguém. Basicamente, fui a única pessoa a tocar-lhe. Um dia, quando tiver filhos, vou oferecer-lhes o Pitufo, que vai ser, certamente, um tesouro de família. Passado através de geração em geração. O Pitufo foi a melhor coisa que já me aconteceu. E a frase mágica dele é: “Sempre presente no coração”.

 

 

Nelson Almeida Tiago

6ºF – nº21

 

LIVROS FALADOS

Livros falados
Livros falados

Livros Falados é uma iniciativa da Visão Júnior a que se associaram a Rede de Bibliotecas Escolares, o Plano Nacional de Leitura, a Direção Geral da Saúde e o Oceanário de Lisboa. É aberta a todas as escolas, públicas e privadas, turmas ou grupos de alunos de várias turmas e vários anos.

As atividades propostas visam o treino de competências de leitura, nomeadamente a leitura em voz alta, o reconto e a interpretação, bem como o desenvolvimento de projetos, dentro da sala de aula, sujeitos a dois temas distintos:Saúde Oral e Alimentação e Os Oceanos.

REGULAMENTO